Glossário da Longevidade – um guia para o mercado, a mídia e profissionais em geral

ESTA OBRA INÉDITA REÚNE A MAIS COMPLETA COLEÇÃO DE TERMOS SOBRE O TEMA JÁ PUBLICADA NO BRASIL

Falar para e sobre a faixa dos 50+, mercado que mais cresce no Brasil e no mundo, deixou de ser algo simpático e passou a ser estratégico, diria até mesmo essencial.

Aos poucos, as empresas e a mídia estão despertando para a inversão da pirâmide etária brasileira e para todas as consequências e oportunidades que emergem desse fenômeno – que aliás, é global.

Foi por essa razão que em 2020 a Fundação Getulio Vargas percebeu a necessidade de preparar líderes e empreendedores para entender as necessidades do público maduro, e assim desenvolver produtos, serviços e se comunicar adequadamente com o segmento, além de preparar as organizações para lidar com o envelhecimento inevitável do estoque de talentos que estará disponível no mercado – majoritariamente 50+.   

Ao ser convidada por Patricia Galante de Sá para integrar o quadro de professores da pioneira Formação Executiva para o Mercado da Longevidade da FGV, mergulhei ainda mais nos estudos, pesquisas e movimentos globais relacionados ao público maduro. E  percebi como existia uma lacuna de linguagem ligada a tudo que diz respeito à longevidade – termos ultrapassados, que já não refletem mais a realidade e o comportamento desse público; jargões técnicos ainda desconhecidos por boa parte dos profissionais de RH, Marketing e gestores em geral; expressões que causam mais confusão e até mesmo contribuem para alimentar preconceitos e estereótipos, gerando uma discriminação indevida ao idoso. O próprio conceito de “idoso” é bastante fluido e demanda uma melhor compreensão e padronização.

O que significa anti-idade? Será correto usar esta expressão para cosméticos que cuidam da pele?

Agingnomics? Que expressão é esta? Onde se aplica?

Existe creche para idoso?

YOLDS?

Em conjunto com Patricia, e tendo a colaboração dos dois outros professores do curso, Martin Henkel e Marcia Tavares, desenvolvemos o GLOSSÁRIO DA LONGEVIDADE, em formato de e-Book e com um projeto gráfico moderno criado pela designer Liz Meira, para ajudar todos que necessitem embarcar nessa nova realidade do mercado, de forma profissional, bem informada e produtiva. Ele traz 103 verbetes, que cobrem de A a Z uma gama de termos técnicos, expressões coloquiais criadas pela sociedade e palavras estrangeiras que surgiram para explicar os diferentes fenômenos associados à longevidade.

Com ele, esperamos contribuir para diminuir estigmas e preconceitos. Ajudar empresas, jornalistas, pesquisadores e estudantes a ter uma linguagem mais inclusiva e atenta à realidade.

Esta obra é resultado de muita pesquisa e da vivência de professores e alunos, muitos deles já bastante envolvidos com a longevidade. As fontes, quando pertinentes, são referenciadas através de links, para facilitar os que quiserem se aprofundar em algum termo específico, o contexto que o cerca ou sua origem.

Acreditamos que a linguagem pode influenciar a mudança de comportamentos e atitudes, e contribuir para boas práticas nos diferentes ambientes. Estamos confiantes de que este Glossário cumprirá seu papel no ecossistema da longevidade.

Para receber o e-Book, click no link abaixo:

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s