Vai com tudo, Dona Sandra!

Por Gilberto Lopes*

Ontem foi um dia diferente. Apesar da loucura diária de reuniões, clientes, funcionários, projetos, ONGs e ações sociais que rolam todos os dias, ontem foi beeeem diferente. Me explico: as 21hs, após terminar meu último compromiso com as amigas e amigos da Utopiar, eu fui jantar na casa de um amigo de mais de 20 anos, pra debater alternativas de empreendedorismo com a mãe dele, que tem 73 anos de idade e está saindo da empresa que trabalha há muitos e muitos anos. O filho dela e eu entendemos que está super difícil conseguir um emprego no Brasil atualmente e está mais difícil ainda pra quem tem 73 anos de idade. Infelizmente essa é uma realidade pra milhões de pessoas no Brasil hoje.

Em virtude disso, marcamos um jantar pra conversar sobre empreendedorismo, inovação, aplicativos e auto-emprego. Dei dicas pra Dona Sandra de como ela poderia utilizar os recursos que tem – como sua casa, sua cozinha e seu conhecimento de culinária -, para produzir refeições, sobremesas e saladas e vender através dos aplicativos que existem pra isso e são focados no nicho de comida caseira no formato delivery, diferente do modelo de iFood e Rappi, que trabalham com restaurantes.

Dona Sandra e seu filho Othon

Dona Sandra ouviu tudo com muita atenção e seus olhos brilhavam como os de uma criança que descobre algo fascinante. Depois de conversarmos até uma hora da madrugada, ela decidiu avançar, tentar, experimentar e empreender. A tecnologia, a inovação e a mágica dos aplicativos permitem que a Dona Sandra empreenda de dentro da sua própria casa, com investimento quase zero, com risco baixíssimo e prepare refeições na cozinha de casa, venda pelo app, sem risco de não receber e entregue rapidamente para as pessoas, sem ter que gerenciar entregadores. Ainda permite que ela trabalhe nos dias e horários que julgar mais convenientes.

A tecnologia e a inovação estão transformando drasticamente a forma como consumimos, trabalhamos e vivemos, e ao mesmo tempo, abrem um leque de oportunidades incríveis para aquelas pessoas que realmente querem agir, faça chuva ou faça sol, com 18 ou 73 anos de idade. Ao ver a Dona Sandra, com sua longa experiência de vida, empreendendo pela primeira vez, eu fico em êxtase com o poder transformador que o empreendedorismo nos proporciona. E concluo: empreender é fascinante!

Dona Sandra: vai pras cabeças! Tenho certeza que sua empreitada vai dar certo. E se der medo, chama o pretinho aqui, que nós vamos juntos, com medo e tudo! Nóis capota, mais num breca! 


(*) Gilberto Lopes, GIBA, é publicitário, dono da agência Cuattro, ativista social, uma voz masculina que levanta a bandeira da violência contra a mulher e diz “Estou aqui pra aprender, evoluir, conquistar, compartilhar, ensinar e servir ao próximo.”

Sandra Borges da Costa, a Dona Sandra, é uma linda mineira, mãe do Othon e será a mais nova empreendedora maturi do país.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s